Capitulo 15 – Voltando à realidade ou tentando

De súbito as dançarinas desaparecem no meio da penumbra que foi gerada pela defumação de odores e essências usurpantes da mente e ao recobrar a atenção a única coisa que conseguia ver na sua frente era ao bailar daquele fêmea digna de um rei.

O imperador deixou o nobre egípcio recobrar os sentidos e chegando perto disse: – Estas encantado com a beleza de nossa estimada Maat-Hor, ela é minha sobrinha. – Realmente um encanto de mulher, se me permite comentar o grande imperador!!! – Não se acanhe, pois tu não es o primeiro a comentar esse fato.

Mas voltemos a nossa conversa o que estas achando de nosso país …. – Um pouco mais gélido que meu quente e dourado Egito, mas um agradável local que aos poucos vou me acostumando. E sei que me acostumarei. Ao final da recepção Peco foi levado para seus aposentos, por sinal muito belo e diferente de tudo que conhecia. Moveis decorações, estatuas tudo era novidade para ele!!!

Está gostando dos textos? Gostaria de contribuir com algum tema, elogiar ou criticar? É simples encaminhe um e-mail para cronicasdaluavermelha@gmail.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s