Como Treinar Seu Dragão! Crônica do Fúria da Noite

E ai gente, hoje a crônica será diferente, com um tema bem nada haver com o que é publicado no Lua Vermelha. Após assistir algumas 10 vezes esse desenho Como Treinar Seu Dragão (e em breve termos a continuação com Como Treinar Seu Dragão 2), resolvi escrever algo sobre o nosso amigo Banguela ou Fúria da Noite!

Sim porque na internet você só encontra informações sobre o mete do filme, que temos que respeitar os diferentes, mas sem causar constrangimento, ou que o Soluço conseguiu mudar as atitudes dos bando e por ai vai!!

47775_356943507759302_1732354549_n

Mas alguém já leu algo sobre o Banguela?? Há todo mundo acha ele fofo! Até a Kalissa deixou um comentário aqui dizendo que quer um de presente! Mas tudo bem é fofinho e tal, mas e ai o que tem por traz disso tudo??

Quem é realmente o Fúria da Noite!! O que ele pensava!!! Bem vou tentar fazer algo um pouco diferente, uma crônica meia intimista com um pouco de narrativa em primeira pessoa, vamos ver que trem sai dai …

Eu por eu mesmo

E ai gente tudo bem! Estou aqui, bem pelo menos eu acho, não sei como vim parar aqui, mas estou. E o pior de tudo, mal sei desenhar, imagine escrever o.O . Bem mas já que estamos aqui, vamos seguir né! Gente adoro os elogios que recebo, eu um dos dragões mais fodas, o mais temido, o mais rápido , o mais silencioso, o mais inteligente, o  que mais se camufla, ser chamado constantemente de “coisinha linda”, “ai eu quero essa fofura”, “gente quero dois desse lindu”, “parece uma pelucinha” …

bom-dia-furia-da-noite

Para tudoooo pega mal isso né gente! Onde vou manter minha reputação! Assim não srsr (estou vendo que esse texto será #tenso srsrs), agradeço por tudo mesmo, mas gostaria de me  apresentar tá ..

Sou conhecido como a  Fúria da Noite, uma pequena característica da minha aerodinâmica, que proporciona para mim  tal “famoso” ruído de grito, quando me desloco em grandes velocidades! E pelo fato de ter o  corpo preto fosco e de voar mais a noite, sou praticamente invisível aos olhos humanos! Uma máquina de guerra perfeita que é chamada de “FOFINHO” .. Há vá ….srsrsr

Minha vida

Ei gente minha vida não é isso tudo que vocês pensam não, o que adianta ser o mais inteligente, o mais rápido, o que possui melhor camuflagem, soltar raio em vez de fogo e viver em uma tremenda de uma prisão L , me diz se isso é bom? Não ter liberdade para fazer o que gosto, que é voar por ai,  me alimentar do que eu quero, sem ter que voltar todo dia para o ninho levando uma cota de alimento por dia.  Ai não gente, tem  graça não, sabe eu não sei o que é liberdade, mesmo parecendo ser livre! Vigiado o tempo todo e tendo que alimentar o ego de um dragão que só sabe mandar e dizer o que é ou  não para fazer. Ei quero vida, quero liberdade, mas não tinha como conseguir isso, ou melhor estava fadado a ficar assim pelo resto da vida…

O encontro

Bem começamos da pior maneira possível, primeiro o Soluço me arranca o meu leme, sem ele fiquei completamente perdido! Não podia fazer o que eu mais amava que era voar! E agora!! Um dragão que não voa! Tudo de bom né!

Ai veio aquela hora do  gelo total, pensei que iria morrer mesmo, quando ele chegou perto com a faquinha. Mas acho que ali pelo nosso olhar conseguimos mostrar que ele não queria ser Viking e eu não queria matar ninguém. Tanto é que até tentei, mas na hora “h” tive a mesma reação da dele! Já estava ferido (engraçado que sem sangue né srsr) e não vinha o porquê de fazer mal algum a ele.

Muito bem já que ele queria minha amizade, tive que colocar o muleque contra a parede, comer o peixe cru mesmo, para mostrar que o que ele queria era mesmo algo além de me matar. Nesse momento aprendi  uma coisa que fez meu coração bater muito mais rápido. Meu primeiro esboço de um sorriso! Sim um sorriso sem vida, sem magia, sem muito nada, mas foi um esboço e olha vou falar que me senti muito bem obrigado com essa primeira forma de carinho que tive contato.

Ai o  maluco não se dando por satisfeito começou a desenhar!  Gente eu lá sabia o que era isso, mas peraíiiiiiii,  ele fez uma figura bem parecida comigo! Olha nesse momento engraçado, com os sentimentos brutos de um dragão, pude perceber que algo acontecia comigo, algo que me deixava alegre, naquela época nem sabia o que era alegria mesmo! Mas senti um carinho enorme vindo dele para mim.  Um carinho e cuidado tremendo. Acho que isso é normal, quando recebemos algo de alguém que não esperamos, a surpresa é a primeira e depois vem o bem querer.

Esse desenho dele não existe mais, mas ficou na minha memória e no meu coração. Claro para agradecer peguei um pequeno galho e fiz uma zuada ducaralho pra ele kkkkkk  e o traste ainda todo coizado quis pisar em cima, fiquei muito puto! Cade a consideração maluco!?? Tá fora de si é!!!!

534611_530917083603185_1915192274_n

E nesse momento, não teve como , acho que provamos que eramos ambos de confiança, e que eu poderia sim dar o braço a torcer, para um ser humano que não conhecia, mas que não queria nada mais do que o meu bem!!! Deixei ele tocar em mim, foi emocionante!!

Voltando a voar

Bem os dias iam passando e percebia que ele estava a tramar algo, sempre me comprando com peixe, poxa eu tava com fome mermmmuuu, mas percebia que ele queria mais que isso, mas não tinha noção do que poderia ser. Fui entrando no jogo dele. Percebia que ele sempre desenhava algo, eu deixei isso para ele, não nasci com o dom de forma alguma.

Até que um dia ele me tapiou direitinho, um cesto suculento de tudo quanto era espécie de peixe e ai o maluco me faz uma prezepada lascada, coloca uma calda em mim! Peraí! Tá tudo errado, que mané cauda o que meu irmão! Mas ai decolar percebi que era uma espécie de leme, fiquei tão animado, pois poderia fugir agora, mas ele n]ao respondia ao meu desejo, e ai caímos na água. Será mesmo se ele queria me ajudar? A dúvida estava no ar!

557953_328111957309124_1545375450_n

Ai deixei acontecer, de tentativa em tentativa ele foi tentando aqui, tentando ali e quando eu menos pensei, ele conseguiu criar um tipo de sela (eu não gostei no começo não, dava coceira e ainda era apertada) onde ele poderia ficar montado em mim para controlar o leme. Como ele era burro, caímos varias vezes, mas tá bom estávamos aprendendo um com o outro.

E por falar em aprender, nossa relação foi baseada em conhecer um  ao outro, aos poucos já sabíamos os gostos de cada um, e o melhor de tudo cada um tendo sua liberdade de ir e vir, sem obrigação. Isso sem falar nos momentos de alegria que tínhamos juntos. Nunca me senti tão especial e querido, afinal nem sabia o que era isso mesmo! Eu  sentia falta quando ele não vinha ou mudava o horário! Querendo ou não um laço invisível já tinha sido criado.

Então veio o primeiro voo solo com  o muleque, nossa eu estava mais inseguro do que ele, sei que treinamos muito, mas uma coisa é certa, eu estava acostumado a ser mandado, a viver em uma prisão invisível, onde era controlado todos os meus passos para um lado e para o outro, não podia ir além do limite que me era imposto (vida de merda ducarai), mas ali com o  Soluço a coisa era diferente, estávamos SOMANDO, não estávamos obrigado, ele estava ali me APOIANDO, me dando FORÇA, algo que nunca imaginei ser possível exisiter, pois eu nem sabia que isso existia mesmo!!

Eramos dois corpos em um! Que coisa maluca, eu ia depender da sua técnica, enquanto ele dependeria da minha atenção, pois o objetivo era que eu voasse, mas tínhamos que fazer isso unidos, unidos por um laço de confiança, carinho e porque não já um pouco de amor. Afinal as relações verdadeiras começam assim aos poucos, por etapas, por momentos, e cada etapa estava sendo cumprida, conforme o combinado. Sem afobação, sem desespero, sem ble ble, apenas o que nossos corações queriam, que naquele momento era a liberdade!

149552

Sim Soluço queria se libertar da obrigação de ser um matador de dragões e eu gostaria de voar pela primeira vez, sem ter medo ou angustia de estar quebrando alguma regra,  sem medo de estar sendo vigiado. E nada melhor do que encontrar alguém que comungue com nosso proposito, que consiga perceber que a vida vai além dos nossos padrões, que existem coisas tão mais simples e importantes que a maioria não consegue mais ver.

Eu e Soluço eramos isso, e nosso primeiro voo foi com emoção, alguns erros, mas foi, quem disse que a primeira vez é perfeita! Sim ela foi maravilhosa, chegamos ao clímax, quando conseguimos nos unir e realizar manobras audazes, mais do que na minha época solo, eu não sabia que tinha todo esse potencial, vai ver porque agora eramos especiais! Dois seres em um  único momento e objetivo!!

Nunca um voo poderia representar tanto como representou para nós naquele momento, pode ser considerado algo como a mesma energia de um primeiro abraço, de um primeiro beijo  ou algo parecido!!!

Prova de fogo

Como já imaginava Soluço aprendeu comigo todos truques de se lidar com um dragão, sabia usar a sutileza para nos controlar e deixar-nos bem sem stress, com isso ele estava ganhando uma disputa idiota para ver quem iria mantar um dragão no final. Ai credo!! Nesse dia ele voltou dizendo que ia embora,  ou melhor que iriamos embora, mas ai aparece uma branquela azeda, com cabelos claros, parecendo até com uma CUTIA, e a doida veio pra cima de mim, caraio fiquei puto da vida, uma metidinha de merda querendo me feri! Sabe o que fiz?? Caguei pra ela, sai vuado nem dei trela! Ai vem Soluço ofegante, dizendo que tínhamos que ir atrás dela,antes que ela falasse para os outros.

Bem mesmo sem querer fomos atrás dela, e  ai chegou minha hora da desforra Rá!!! Essa cutia lambida vai ver o que é bom! É a fodona! É a sabe tudo! A senhora de si! Então FODA-SE e segura essa kkkkk tive o maior prazer em dar meu showzinho a parte, afinal eu posso né, sou o Fúria da Noite!!!

how-to-train-your-dragon-trailer-21

Durante o voo percebi que o Soluço gostava dela, sentia pelo calor de seus corpos, que ele estava nervoso, pelo fato dela estar com medo e que jamais viesse a olhar para ele novamente, bem como ele era amigo, resolvi dar uma colher de chá! E ai realmente fiz um passeio para enamorados, nuvens, por sol, que por sinal estava lindo, um voo maravilhoso, onde consegui conquistar a confiança dela, e também ele foi agraciado por seu carinho, ainda um pouco bruto quando chegamos ao solo. Levou no meio da fuça um bom de um tapão na zureba, que deixou ele tonto (eu já podia imaginar que ela faria isso com gosto, já que não faria em mim srsr), mas depois deu um beijo suave agradecendo pelo resto.

Afff comecei a descobrir o mundo das mulheres! Vai entende-las!!!!

Confronto e minha prisão

E no outro dia ocorreu o pior era o dia de matar o tal dragão! Fiquei na minha e apostos, escutei ele falando que ia mostrar para todos que não devemos fazer mal aos dragões (e animais em geral), que ele mostrar que eles não são violentos. Mas o pai dele não entendeu, e o dragão de fogo perdeu o controle e começou a ataca-lo. No meu foço eu apenas escutei o seu grito de pavor!

Nessa hora não sei o que me deu, senti uma força dentro de mim, tinha que fazer algo, não era apenas o Soluço, mas foi a pessoa que me mostrou que a vida é possível ,que podemos ter a felicidade em coisas pequenas e simples, sem cobrança e sem prejudicar um ou outro! Porra ele me deu a vida novamente, apenas isso!!

Senti meu coração acelerar, mas me vi  impossibilitado de voar, como iria voar sem meu leme, estava com ele !!!!!! Sei que fechei meus olhos e senti uma força tremenda emergindo de mim mesmo, me dando coração, tirando meus medos, abandonando todos mesmo, pois naquele momento a única coisa que eu tinha que fazer era o de ajudar quem me ajudou! Eu daria a vida para quem me salvou, para quem acreditou em mim, para quem me deu seu voto de confiança, para quem eu aprendi a gostar!!!

295448_570513276310232_104698941_n

Sai desenfreado por entre os paredões, sentia uma dor enorme nas unhas, tentando escalar,  parecia laminas em chamas, entrando em minhas patas, mas eu não poderia deixa-lo ali, tinha que lutar, tinha que vencer meus medos, tinha que fazer por ele, tinha que ser por ele!! Era algo pessoal, ele me salvou e eu iria fazer o mesmo.

Sentia a dor aumentar, pois apenas minhas unhas estavam fixas nas rochas, suportando meu peso, com  meu rabo dava impulso, tentando não cair, cada segundo parecia uma eternidade, tudo passava muito lento na minha mente, cada segundo via Soluço sendo trucidado pelo dragão, aquele grito agudo, cada vez mais me deixava louco, eu não poderia deixa-lo ali sem apoio, tinha que ir além das minhas forças! E fui, após segundos que passaram como  horas, e algumas unhas avariadas, consegui escalar o cume, e sai em disparada, em galope, chegando até a aldeia!

Onde consegui dar um  impulso  destruindo a grade de proteção e atacando quem atacava meu amigo! Consegui salvá-lo, mas fui covardemente preso pelos adultos, e meu amigo foi humilhado em publico, por não ter tido coragem de matar um dragão, como os seus fazem.

Aquilo pra mim foi o pior, eu poderia ter fugido, mas teria com certeza acabado com a vida de alguns, e isso não iria fazer Soluço feliz. E ele sem querer disse ao pai que eu sabia como chegar ao ninho dos dragões. Sim no nosso primeiro voo, fui  obrigado a seguir o chamado daquele que me aprisionou durante toda a minha vida! Quando eu era cego e não conseguia ver a felicidade que tinha hoje! A liberdade que tinha ganhado!

A volta ao ninho

Fui preso e colocando em um dos barcos onde o pai de Soluço estava, ele não me fez mal, mas sabia que a um sinal eu iria indicar o local, pois era insuportável escutar o chamado daquele dragão gigante, tinha nojo do que ele fez em mim e por mim, não tinha o menor prazer de voltar lá novamente, não iria perder a minha liberdade novamente, mas era mais forte do que tudo. E como de esperado, guiei os Vikings ao centro do ninho.

Enquanto eles foram para a praia, fique preso no barco, sabia o que iria acontecer, e foi dito e feito, todos os dragões fugiram, mas o grande dragão gigante que estava recluso em sua montanha, saiu de seu receptáculo do medo e do terror, espalhando medo e angustia em todos os lados.

Foi terrível ver todos os navios pegarem fogo, e muitos vikings serem mortos! Mas eu estava preso, sem meu leme, sem meu amigo, sabia que meu fim estava próximo.  Quando derrepente quem chega montando em outros dragões  Soluço e seus amigos, fiquei tão surpreso e contente, pois ele veio me resgatar! Ele veio me salvar, eu representava algo para ele realmente, pois largou toda sua tradição e veio me ajudar.

Mas mesmo com ele ao meu lado tentando me ajudar, julguei ser já o fim, o barco afundou e ele não conseguira me salvar das minhas amarras, em um ato heroico seu pai veio e lhe salvou, fiquei feliz, fiquei aliviado, pois ele tinha sido salvo, meu amigo, meu salvador, eu não tinha o que fazer, mas e o dragão gigante, como ele sobreviveria…

Até que seu pai engoliu seu orgulho e me salvou, com o pouco de folego que sobrou, levei-o para a superfície e fui para perto do meu amigo, um encontro de carinho e alegria!! Foi o momento de um olhar para o outro e já saber o que tínhamos que fazer, era simples, tínhamos que salvar a todos e tentar derrotar o grande dragão.

how_to_train_your_dragon_10_a_l

Foi uma luta terrível, ele 100 vezes maior, nos sentimos pequenos, mas não inferiores, não tínhamos tamanho, mas tínhamos energia, vontade, velocidade, inteligência e o principal tínhamos cumplicidade para enfrentar aquele momento  difícil juntos, sem jogar um na cara do outro que erramos ou que não fizemos da melhor maneira. Ali eramos mais uma vez dois em um!!!

E num golpe de estratégia conseguimos sim derrotar o grande dragão, mas como todo dragão a quantidade de gases inflamáveis dele era tremenda e era inevitável uma explosão, ainda mais estávamos à queda livre, onde o meu leme já tinha sido completamente queimado, e estávamos caindo sem rumo, em direção à grande explosão.

Não pensei em mim, nas dores que teria, no medo de morrer, a única coisa que me importava era salvar Soluço.

ME JOGUEI, deixei as amarras da vida, e me joguei de cabeça, sem saber se ia conseguir ou não, se iria chorar ou não, se iria dar certo ou não, só tinha um jeito de saber se isso daria certo, eu tinha que fazer, tinha que tentar, tinha que me jogar em queda livre e ser mais rápido do que o frágil corpo de Soluço.

Foi um momento de incerteza, não sabia se daria certo, se era o certo, se tinha como dar errado! Tem coisas na vida que apenas tentando para saber se vai dar certo mesmo!! E nesse caso não deu outra, sem pensar me joguei rumo as chamas, tentando pegá-lo.

Sim o consegui, abracei-o com todo meu carinho, fechei minhas asas para protege-lo das chamas e apenas esperei o tombo, seria talvez fatal para mim, mas ele estava seguro, xonseui prendê-lo de um a maneira, que mesmo com minha queda ele não sofreria muito, talvez alguns arranhões, ou mesmo alguma parte quebrada do corpo, mas não a sua vida! Ela era muito preciosa para mim, seria capaz de fazer o que fosse por ele, da mesma maneira que ele fizera por mim no passado.

A queda, uma dor tremenda, sentia meu corpo latejar, minhas escamas queria sair da minha pele com o impacto,  acho que ficaria um bom tempo sem voar, se é que eu voltaria, mas estava ele ali comigo! Não conseguia vê-lo, mas sentia o calor do seu corpo, sua respiração e o bater de seu coração no meu corpo. Ele estava vivo, eu consegui!! Ele estava vivo!

Entreguei-o ao seu pai e desfaleci …..

A volta à vida

A recuperação dele não foi fácil, durante muito tempo foi mantido em profundo sono, mais de 3 meses, teve parte de sua perna perdida, pobre Soluço, mesmo sendo dois em um, eu não queria que ele fosse como eu L mas eu estaria ali do seu lado mais uma vez, para lhe dar apoio e levar nosso carinho adiante!

Conclusão

Gente tudo bem, uffa terminei, olha deu até para me emocionar um pouco, aqui eu não quis colocar um filme todo de quase 2 horas em apenas 6 páginas! Muito pelo contrário, mas tentei mostrar como talvez o Banguela pensava! Como ele sentia! O que ele era! O que ele acreditava, suas crenças, medos e temores! Suas alegrias, descobertas e a maneira como uma relação começou!

Você nunca viu esse desenho? Ou faz tempo? Reveja ele novamente agora com essa ótica e perceberá que realmente o  Fúria da Noite foi o principal, pois ele mostrou para nós que a felicidade pode e deve nascer de pequenas coisas, que os laços surgem sem muita coisa, mas que depois são quase impossíveis de serem quebrados.

we_all_need_a_friend_by_saki_blackwing-d5ttvo9

Que a liberdade é diferente de voar preso, que podemos sim ir além, que não podemos ficar presos ao que nos faz mal ou nos deixa triste, que poda nossas vontades e mina nossas energias! Temos que encarar de frente e ver no que vai dar!

Que a confiança é algo que não se compra com carros,  joais, viagens, elas nascem de afeto, gostar e de doação, é cumplicidade, é somar um ou  outro, é se entregar sabendo que terá apoio! Que mesmo errando ninguém vem lhe coizar todo!  É calma, é carinho, é paixão mesmo! É acreditar que podemos sim confiar no outro sem cobrança e sem amarras. É a liberdade em se realizar coisas juntas mas não obrigadas.

you_do_care_about_me_by_llllawliet-d5od5hi

Ele mostrou também que mesmo nos problemas e nas dificuldades, juntos a coisa fica mais fácil, um dando suporte ao outro, estar próximo não é estar presente. Estar presente é estar constante e firme no leme da vida junto com você.

E por ultimo se jogar na vida, não ter medo, sentir aquele friozinho na barriga e poder soltar aquele grito dizendo que sim SOU FELIZ porque consegui fazer e realizar, mesmo dando errado fiz, não vou me arrepender de não ter feito, pois fiz! E se deu certo, melhor ainda, corre atrás da próxima felicidade, volte a estudar, mude o corte de cabelo, mude o caminho para chegar em casa, não vá para um lugar so porque todos vão, senão tá afim , aluga um filme ou baixe da net, faça pipoca e vai aproveitar ….

A felicidade é isso, não precisa ser complicada, ela precisa ser vivida, e muitas vezes ela aparece para nós de maneiras que sequer imaginávamos! Pense nisso, pense no Banguela, pois tenho certeza que da próxima vez que você ver esse desenho, irá mudar um pouco a maneira como você vê a vida!

httyd__toothless_and_hiccup_by_alexdasmaster-d5pjwni

Se alguem algum dia consegui lhe ajudar, conseguir conquistar sua confinaça, conseguir fazer desenhos estranhos para você, conseguir fazer coisas que você não acredita mesmo vendo ele fazendo, ou acontecer coisas sem explicações. Perceber ele que faz de tudo para lhe deixar bem, mesmo você as vezes nao notando muito, tenha certeza que tu podes ter um Banguela em tua vida ou até mesmo uma marmota kkkkkkkkk 😛 ele com certeza gosta de você mais do que imagina 😀 Rá!!!

Bem quem sempre desejou ter um dragão desses e nunca pode, acho que isso ai é um grande presente para todas as Mães de Dragões – KALISSA – para nunca mais esquecer. Guardar em um potinho do lado do coração. Pois isso é uma história de vida, de superação, de alegria, de conquista, de recomeço, de paixão, de amor!!!!

Beijos e até a próxima!!!

Alexandre Augusto.

Anúncios

13 comentários Adicione o seu

  1. eu queria que eles mostrassem um dragao que solta um raio pelos olhos

  2. julia disse:

    este testo é demais
    demais mesmo
    serio

    1. Ramsés II disse:

      Julia agradeço pelo comentário e carinho. Tenha uma linda semana e quem sabe você não se depara com um Fúria da Noite em sua vida

  3. Kaynann disse:

    Olá sou dono de uma pagina do tal assunto uma das melhores do Facebook https://www.facebook.com/pages/Cl%C3%A3-Dos-Treinadores-De-Drag%C3%B5es/116493375204956?ref=stream E estou aqui para falar que é uma bela obra e gostaria de postar mas estou aqui para pedir sua permissão.

  4. Paula disse:

    Nossa muito perfeito esse texto sério,chorei aqui s2

    1. Ramsés II disse:

      Obrigado Paula realmente foi feito com muito carinho! Beijos Alexandre Augusto

  5. gustavo disse:

    Os furiasda noite são muito legais porque ele atirao plasma

  6. Gabi disse:

    Isso e as melhori do desenho

    1. Também adoro esse desenho, por isso o Banguela ganhou um espaço especial aqui no Crônicas da Lua Vermelha!!
      E não deixe de compartilhar com amigos!!!

  7. Eu gosteu muito por ver a história por outro lado na versao do bamguela.
    Vc bem que poderia escrever sobre o como treinar o seu dragão2.
    bjs £ronildo fashion

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s