Capitulo 21 – O triste retorno para Pi Ramses

Maat acorda logo cedo, com um sopro suave e denso da manhã! Alegre, com os olhos vibrando olha ao seu redor e percebe o presente que seu amante havia lhe deixado. Ela sabia que ele não poderia ter dormido ali, mas ficou com o seu cheiro no corpo, na boca, agora com a sua túnica….

Capitulo 20 – As rosas Vermelhas

Merampth desperta e fica ali observando a beleza daquela figura mágica que estava ao seu lado. Ele pega sua túnica e deposita por cima dela, deixando apenas seu rosto com formas suaves e sua boca constantemente úmida. A túnica cobriu toda a perfeição de seu corpo, deixando ela muito mais linda, a sensualidade está presente…

Capitulo 19 – O Deserto e o Gelo em Chamas

Merampth sem recobrar a consciência de súbito tocou seus lábios aos de Maat e ardentemente se beijaram e se entregaram a um momento de total volúpia. Os corpos dos dois estavam em chamas, todos os sentidos a flora da pele, Merampth recostando Maat na espreguiçadeira começou-lhe a beijar-lhe sedutoramente … enquanto os lábios roubavam entre…

Capitulo 18 – O encontro tão desejado

A noite ia findando-se quando Merampth elegantemente despediu-se de alegre família e quando ia partindo, Maat chamou-lhe ao canto e lhe disse: – Venhas comigo, pois quero lhe mostrar um local secreto. Envergonhado com o convite tentou evitar, mas percebendo que todos nas festa abusara dos vinhos, saíram da vista dos convivas e desapareceram no…

Capitulo 17 – A tão esperada festa

A noite chegava gélida, mas agradável ao mesmo tempo, uma suave brisa de outono soprava … e lambia os corpos de todos!!! Todos trajados de gala para a recepção, Merampth chega acompanhado do filho mais novo do imperador com sua farda de gala, porte altivo, logo-logo tornou-se o centro das atenções, mas por pouco tempo,…

Capitulo 16 – A volta do brilho vermelho

Um mês havia se passado e Merampth já transitava normalmente sobre as vielas de Hatussa … já conhecia locais peculiares os quais gostava de se recolher!! Ele aguardava os tramites da confecção do tratado de paz. Ele trouxe a primeira sumula, após conferencia o imperador enviou comitiva ao Egito com a resposta e assim começaram as…

Capitulo 15 – Voltando à realidade ou tentando

De súbito as dançarinas desaparecem no meio da penumbra que foi gerada pela defumação de odores e essências usurpantes da mente e ao recobrar a atenção a única coisa que conseguia ver na sua frente era ao bailar daquele fêmea digna de um rei. O imperador deixou o nobre egípcio recobrar os sentidos e chegando perto…

Capitulo 14 – Um brilho vermelho na cinza Hatussa

A noite era de gala e Merampth estava sentado ao lado de Hatusil, desfrutava das regalias que aquele diferente pais oferecia, bebidas, comidas, musicas, conversas, idiomas (Merampth era um dos poucos que tinha a fluência do dialeto hitita) e mulheres!!!! As mulheres diferenciavam-se muito em relação às egípcias, as hititas sempre com pele alva, cabelos…